domingo, dezembro 18, 2005

Os Vagabundos



São eles,
Os vagabundos
Que a sociedade critica
Apontando o dedo
E chamando-os nomes.
Vagabundos, sem-abrigo,
Coitados...
São eles,
Os vagabundos
Que deambulam nesta terra
Como se os seus nomes
Fossem todos o mesmo,
Ninguém!
São eles,
Os vagabundos
Que dormitam
Nos bancos do jardim,
Debaixo das pontes
Ou nas calçadas destas ruelas.
Dormitando em noites gélidas
E debaixo de um céu escuro,
De olhos meios fechados
Tentam puxar pelos sonhos
Que raramente lhes aparecem.
Os que ainda têm essa felicidade
São os que ainda tentam
Mudar de rumo,
Os outros, esperam por uma mão,
Por alguém lhes dê algo,
Um alimento, um bagaço
Ou um simples regaço
Já há muito esquecido!
São eles sim,
Os vagabundos
Que nos estendem a mão
E que com um olhar frio
Perdem a esperança!
São eles sim,
Os que nos assustam
Pela aparência habitada pela desgraça,
Mas que no entanto
Não deixam de ter alma,
Não deixam de ser humanos,
Que esperam
Por um empurrão
Ou de um sussurro ao ouvido
Trazido pelo vento.
E são eles,
Os vagabundos!
---
(poema e photo de natalie)

11 comentários:

H. disse...

Linda Natalie... que poema tocante. Sentido...
Que vai para além das palavras pq nos faz pensar e tb ter vergonha, do que temos, do que ñ damos, partilhamos.
Ás vezes dá aquela vontade de mudar o mundo, sabes? Ela deu-me depois de ler este poema agora...

Grande Beijinho*

E se já ñ 'te vir' Feliz Natal! :)

Maria do Céu Costa disse...

Natalie, um poema rico, tanto em jeito de alguma critica a esta sociedade, como também atento ao lado humano. Quanto a mim gostei deste seu trabalho. Beijinhos.

Micas disse...

Tenho andado meia perdida Natallie...vou voltando devagarinho. Gostei imenso do poema pela mensagem forte que transmite. A foto nem comento, ela fala por ela.

Desejo-te um Natal cheio de amor e muita paz e, que o Ano 2006 te traga tudo aquilo que mais desejares.
Beijos

Nelsinho disse...

Não sou vagabundo,
Mas meu nome pode (também) ser
"Ninguém"...

Feliz Natal!

Nelsinho

Neith disse...

Palavras profundas...poema perfeito! Um beijo :)

Mocho Falante disse...

olá bom dia

venho aqui deixar os votos de um excelente Natal com tudo o que mais desejes

beijicas natalicias

JSilvio disse...

Esse poema...calha na altura certa...nesta altura todos sentem pena..daqui a duas semanas será que sentem?

beijokas e Feliz Natal(ie)***

Caracolinha disse...

Minha muito querida amiga ... saída directamente da casquinha para deixar os desejos de um NATAL cheinho só de coisas boas ... tudo, mas tudo o que houver de melhor são os meus mais sinceros desejos.

Uma beijoca encaracolada em forma de bola de Natal :)

lena disse...

um poema que nos toca muito, onde se nota a critica à sociedade onde vivemos, doi que assim seja

gostei de o ler, escreves muito bem

quero desejar-te um feliz Natal, Natalie, que seja com muita paz

um beijinho meu

lena

AngelBoop disse...

Miga votos de um feliz natal
que tenhas muitas prendas no sapatinho.Jinhos

Princesa disse...

OLÁ....
| __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ |
_ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | _
+______088880____0____0____088880
+____088888880___00__00___088888880
+___088888888880__0__0__088888888880
+___088888888880___00___088888888880
+____088888888880______088888888880
+____0888888888880_00_0888888888880
+_______0888888880_00_0888888880
+______08888888880_00_08888888880
+____0888888888880_00_0888888888880
+___08888888888880_00_08888888888880
+____0888888888880_00_0888888888880
+______08888888880____08888888880
+________08888880______08888880
+__________0880__________0880
+___________00____________00
| __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ |
_ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ | __ |
Vim voando deixar o MEU DESEJO DE UM BOM ANO NOVO... Beijinhos