domingo, agosto 21, 2005

Segredos Selados

Conto-te um, dez, infinitos segredos
E para onde vão, lá permanecem.
Não sei onde e como guardas tudo,
Nem sei o teu baú.
Será assim tão grande?
E de onde vem essa grandiosidade?
Será que a tua caixinha é um infinito Universo,
Tão grande, tão belo,
Que tudo o que de misterioso entra,
Lá quer permanecer para o sempre?
Conto-te quase todos os meus segredos,
Tudo o que me faz alterar o espírito,
Mas por vezes há coisas que não podem ser ditas
E connosco próprios têm de ficar selados.
Com um simples olhar fulgurante, percebes que
Eu guardo algo que mais tarde poderás vir a saber.
Mas sabes esperar e agradeço-te por isso.
Sabes sempre quando um sorriso bonito
Esconde uma alma triste
E para além do ombro amigo,
Dás-me o ouvido e a atenção.
Segredos selados fazem de ti um sinónimo de amigo
Que consta na primeira folha do meu dicionário.

Eu estou cá para te segredar....
....Tu estás aqui para me ouvir!!

(...e vice-versa...)

6 comentários:

CASTOR disse...

Quem melhor ouvinte será que o meu cão? Ouve-me, não me responde, não ri quando estou triste, nem chora quando estou alegre. Está sempre de acordo com o que digo e não anda para aí a divulgar os meus segredos... melhor que um cão? Só dois... CHUAC (e obrigado por teres ido dar um mergulho no meu dique...)

H. disse...

Os segredos são pequenos pedaços de magia, grandes confissões e provas de cumplicidade...

Bonito post =)

H. disse...

Obrigada pla visita no meu cantinho! Vou linkar-te lá :)

kaldinhas disse...

É bom termos um baú assim.Esse baú não é mais que um grande amigo,que está sempre aberto para ouvir o que nos vai na alma.
beijinhos

AS disse...

É bom ter um amigo com quem possamos partilhar sentimentos e emoções. A amizade também é uma forma de amor...

Um beijo

JSilvio disse...

É bom ter alguem em quem confiar, em quem podemos desabafar todos os nossos segredos...e é bom sentir que essa pessoa pensa o mesmode nós ;) e q podemos apoiar-nos mutuamente ;)

* * *