sábado, maio 13, 2006

Não te consigo esquecer


Não te consigo esquecer.
A tua presença preenche-me,
Os teus olhos,
Que mais se parecem
Bolas de cristais,
Fixam-me e hipnotizam-me.

[não te consigo esquecer]

O teu cheiro que é o teu
Penetra em todos
Os meus poros
E por lá fica
Até outro mais forte
Passar por mim.

[não te consigo esquecer]

A tua ternura e o teu amor,
Que só eu sei,
Tranquilizam-me quando
Me pedes para me juntar a ti,
A esse teu sossego
Sempre desassossegado
Com medo de me perderes.

[não te consigo esquecer]

Esse teu bem-querer
Prende-se a mim,
Enrola-se em mim,
Assim como tu fazes
Quando queres repousar.

Não te consigo esquecer
Porque já tu
Fazes parte de mim.
*
poema e photo de natalie
;)

24 comentários:

GNM disse...

Está noite senti-me verdadeiramente
preso na tua teia...

Lindo!

Deixo-te um sorriso...

Cláudia Faro Santos disse...

=)

então não esqueças!!

Phoenix disse...

tlvz eskecer nc seja a melhor soluçao..adorei! (o texto e a foto =P)
*********

k disse...

Hoje deixo-te um snif....

besitos * * * * * * k

antonior disse...

E para quê esquecer, quando podes lembrar e sentir, plenamente ?!

Bela foto, lindas palavras...

Gostei muito

Beijinhos

Nelsinho disse...

Oi Natalie!

Tenho andado afastado e sem assunto para o blog!

Hoje vim e, como sempre, li, gostei, adorei...

Não sei exatamente o que me leva a desejar ardentemente morar isolado numa ilha, que poderia muito bem ser a Madeira!

Nelsinho

NaLua disse...

Esquece-o só se não o puderes ter...

Alex Flôr Negra disse...

Não precisas esquecer...
Recorda...*

Mocho Falante disse...

é impossível esquecer quando se gosta, é impossível esquecer quando fazem parte de nós

beijocas

Gugas disse...

bons esquecimentos e melhores absorções :)

Nelita disse...

Claro k nao...
Nem serás esquecida :)
absorve ...
jinho gandaooooooooooooooooooo

Alex Flôr Negra disse...

Tambem adoptaste um "bichinho"... :)
É muito querido o teu porquinho...*

Micas disse...

Nunca esqueças, é o lembrar que nos faz crescer...
Beijinhos

Parrot disse...

Gostei muito.

Bjs

AlucarD disse...

olá :)
lindo post e o blog tb!!
vou voltar...
beijos

© Piedade Araújo Sol disse...

...belo poema...

sofyatzi disse...

Esquecer para quê? É tão relembrar não é? É bom...sentirmo-nos nas nuvens

GNM disse...

Olá Natalie!
Sei que és da Madeira,
mas... quem sabe não estás
por Lisboa nessa altura.
Por isso mesmo, deixo-te um
convite no EXTRANUMERÁRIO.

Continua a sorrir!

Maria Costa disse...

Bonita foto.

Beijinhos.

lena disse...

a teia que me prende , nos poemas que nos deixas

e não esqueças, lembra-te sempre, faz parte de ti

esta foto está lindíssima Natalie


beijinhos muitos para ti doce menina

lena

Eli disse...

És necessária nesse sentir, assim como a pessoa que sentes.

Obrigada!

:)

Isa&Luis disse...

lindo e apaixonante este teu poema.

Obrigada pelo momento neste entardecer de cores vivas.


beijinhos muitos para ti


Isa

margusta disse...

Querida Natalie,
...todo o poema é lindo...mas eu gostei em especial desta parte :)))

"A tua ternura e o teu amor,
Que só eu sei,
Tranquilizam-me quando
Me pedes para me juntar a ti,
A esse teu sossego
Sempre desassossegado
Com medo de me perderes"

Foto linda tb...

Jinhos muitosssssssss e o estudos como vão? ;)

margusta disse...

Bom :)))

depois vou comentar o novo..lol...
Até parece que estamos no msn...lol..

Jinhos vou ler post novo :)))