sábado, fevereiro 18, 2006

Esquisso (-te)


Como não te conheço
E como ainda não resides
No meu mundo,
Invento-te!
Faço um esquisso
Do que eu quero
Que sejas para mim.
Imagino-te
E lá
No meu pensamento,
Só eu sei...
Esquisso o teu ser
No meu imaginário,
E nas minha folhas
Esquissadas
Vais surgindo
Entre palavras,
Como se de um
Poema humanizador
E carnal se tratasse.
E com palavras,
Quase que prefeitas,
Vejo-te surgir
Dessa junção de sílabas
Que escrevo e pronuncio
Com a força de mim!!
Não te desenho,
Não sei!
Esquisso-te,
E com palavras,
Que de mim saem,
Vais nascendo
Aos poucos
E em breve,
Aparecerás
Numa palavra só!


Poema e photo de natalie :)

16 comentários:

JSilvio disse...

=)
Ao menos assim..esboças á tua medida =) Um ser que seja como tu queres que seja*

Cláudia Faro Santos disse...

E que seja em mais que uma palavra...Para te fazer escrever coisas bonitas assim!

*

GNM disse...

Identifiquei-me com esse teu poema.
Está lindo! Puro!

Passa um excelente fim de semana e, se puderes, sorri!

lena disse...

e de novo presa na tua teia onde em cada verso te imagino

que seja assim como imaginas, que surja breve


lindo o que escreves doce menina

beijinhos meus

Betty Branco Martins disse...

Querida Natalie

Que belo é o teu poema!

Esquisso, é uma palavra que simpatizo, gosto muito! tem muito a ver com arte.

O teu poema não é um "esquisso" mas sim uma forma bem definida de um corpo belíssimo de nome... poesia.

Beijinhos

Su disse...

gostei de ler-te
jocas maradas

Neith disse...

Simplesmente...soberbo!!! Um beijo enorme ;)

Nelsinho disse...

Sinto-me tão confortável preso na tua teia...

Porque ela é feita de palavras tecendo frases que me deliciam.

Nelsinho

Nelita disse...

Numa palavra só : Tu
Unico ...
Beijo grande nesta teia linda

Caracolinha disse...

Minha linda ... aqui estou eu ... completamente babada com as tuas palavras !!!!

É isso mesmo, é impossível não existirem expectativas, é irreal viver sem elas ... e quando se gosta exercita-se a imaginação e "moldam-se" as pessaos no nosso pensamento ... que lindo, minha querida, que lindo este poema !!!!

E a foto, ássenta-lhe que nem uma luva !!!!

Beijoca encaracolada !!!! :))))

AS disse...

Quamdo o esquisso estiver completo, vais elaborar o projecto final, onde se requerem todos os detalhes?

Beijosss

Duarte disse...

humm... cedi ao teu repto de ler este poema e revisitei a delícia da cadência das tuas palavras :) Expressivas, simples e cheias de lirismo. Desconhecia a palavra "esquisso", mas estamos sempre a aprender :)
Tenho de voltar a esquissar alguns poemas :) Beijinhos

Artur Moura Queirós disse...

Traços que dão forma a uma magia diferente a cada crepúsculo...:)

Ana Maria disse...

li o teu poema conforme pediste_continua no caminho das letras e dos sentimentos.
um jinho

NaLua disse...

Outra grande malha!
Amei

croqui disse...

Gostei bastante. É um poema simples, mas com conteudo. Conteudo esse com o qual facilmente nos identifica-mos...

...e por falar em esquissos, conhece o meu blog

1bj