segunda-feira, novembro 17, 2008

I will yell louder !

.
.
.
Please Don't Leave Me
.
Da da da, da da da da Da da da da-da da
Do you know if I can yell any louder How many time have I kicked you outta here Or said something insulting? da da da da-da I can be so mean when I wanna be I am capable of really anything I can cut you into pieces But my heart is....broken Da da da-da da Please don't leave me Please don't leave me
I always say how I don't need you But it's always gonna come right back to this Please, don't leave me How did I become so obnoxious? What is it with you that makes me act like this? I've never been this nasty Can't you tell that this is all just a contest? The one that wins will be the one that hits the hardest But baby I don't mean it I mean it, I promise Da da da-da da Please don't leave me Da da da-da da Please don't leave me Da da da-da da I always say how I don't need you
But it's always gonna come right back to this Please, don't leave me I forgot to say out loud how beautiful you really are to me I can't be without, you're my perfect little punching bag And I need you, I'm sorry. Da da da da, da da da dada da da da-da da Please, please don't leave me Baby please don't leave me No, don't leave me Please don't leave me no no no You say I don't need you but it's always gonna come right back, It's gonna come right back to this. Please, don't leave me. No.No, don't leave me Please don't leave me, oh no no no. I always say how I don't need you But it's always gonna come right back to this Please don't leave me Please don't leave me ...
.
.
Quando as palavras começam a fugir entre os dentes, a música fala por si própria. Isto não se trata de ganhar ou perder, mas de saber escolher o certo e deixar para atrás o errado. Há coisas que não se esquece, por mais vontade que tenhamos. Há coisas que que não mudam. Sei que a saudade te bate à porta. Que os risos te fazem falta. Que a vontade de morder te fazem morder o lábio. Um dia, "naquela esquina"....encontrar-me-ás...estarás mais humilde, com mais sinceridade, com mais vontade de viver na felicidade verdadeira onde os espinhos podem ser arrancados das rosas. Entretanto, vou gostando... ponto e vírgula!
.
.
Saliento igualmente que não sou nenhuma fanática pela Pink [lol],
simplesmente anda a cantar aquilo que eu quero dizer...
.
:)

12 comentários:

indigo des urtigues disse...

Incrível como há letras que dizem tão bem o quanto se sente e se tem vontade de pôr cá para fora...:)

Beijo e bom semana!

Rute disse...

Ahahah, pink fever! Sei o que isso é. Mas passa! ;)

"Entretanto, vou gostando... ponto e vírgula!" Gostei da frase... Nem sei bem porque. Mas gostei!

Behos, señorita Natalie

Merchi disse...

... know what u mean!

Shakanuno disse...

Acontecem-nos coisas na vida que são ultrapassáveis, outras, simplesmente, temos que viver com elas e aceita-las. A dificuldade é em distinguirmos umas das outras.

Micas disse...

Tens toda a razão, quando as palavras começam a fugir entre os dentes, a música fala por si própria. 200% de acordo ;)
Fica bem linda.

wild disse...

da da da lá lá lá...

ηatalie αfonseca disse...

Indigo:
Há letras que dizem tudo! Esta é uma delas! E quem canta seus males espanta! LOL! =)

Rute:
Naa...Pink fever! Naa! Hehe!
Simplesmente deve tar a passar uma fase parecida à minha! Hehe!
Também gostei desa frase! LOL! :P*

Merchi:
I think I Know! :)

Shakanuno:
Há coisas que ficam....

Micas:
Pois é! :)
Beijinhos Micas

Wil:
Da da da da da (8) =D

Pedro_Berenguer disse...

Like it when you yell! ;)

(PS: and when you write!)

Diário de um Anjo disse...

cuidado não fiques sem voz de tanto gritar...por vezes apetece não é? liberta a alma!!!
Jokita

Vitor Oliveira Jorge disse...

gostei.
Conhece o meu blogue
http://trans-ferir.blogspot.com ?
Apareça se puder dia 25 Novembro 2008 às 18,30 h na Livraria Books and Living do CC Cidade do Porto, para o lançamento do meu novo PEQUENO LIVRO DE AFORISMOS. Entrada livre!
Saudações
Vitor O. Jorge

Su disse...

fez bem passar por aqui.........

jocas maradas.sempre

ηatalie αfonseca disse...

Pedro BErenguer:
Thank you very much! :)

Diário de um Anjo:
Prefiro gritar e ficar sem voz, para que oiçam, do que tar calada! :P

Vitor Oliveira Jorge:
Seja bem-vindo e obrigada pela visita!
Também gostei do seu cantinho! =)

Su:
Obrigada. Também gostei de passar no teu! (: